Categorias:

Checklist LinkedIn gratuito: 15 tópicos para um perfil de sucesso

 

 

Estar presente profissionalmente nas redes sociais se tornou algo necessário frente ao novo contexto que vivenciamos. Então, pensando na principal rede de contatos mundial do mercado de trabalho, criamos um checklist LinkedIn com as melhores dicas para se destacar na plataforma.

É muito importante possuir um perfil LinkedIn de excelente qualidade e que seja constantemente atualizado. Isso porque, além de se conectar com outros profissionais, a rede social permite que recrutadores encontrem você e avaliem as suas experiências. Siga a leitura e saiba mais sobre o tema!

Índice – Acesse o checklist LinkedIn na ordem que quiser!

  1. Faça uma URL personalizada para o perfil
  2. Adicione uma boa foto de capa
  3. Selecione uma fotografia de perfil adequada 
  4. Escreva um resumo convidativo
  5. Estabeleça um título profissional interessante
  6. Saiba usar as palavras-chave a seu favor
  7. Organize suas experiências profissionais
  8. Demonstre seus trabalhos com exemplos
  9. Liste suas melhores qualidades
  10. Peça recomendações ao perfil
  11. Faça parte de grupos e acompanhe empresas
  12. Use as mensagens do LinkedIn a seu favor
  13. Atualize o perfil constantemente
  14. Publique conteúdos de interesse
  15. Revise: não cometa erros de digitação ou português
Mulher digitando em notebook. Imagem ilustrativa de checklist LinkedIn.

Faça uma URL personalizada para o perfil

Para começar o checklist LinkedIn, este tópico é essencial para passar uma imagem profissional aos que vão acessar a sua página eventualmente. A sigla URL se refere ao link que o seu perfil possui dentro da própria rede e que pode ser acessado quando escrito ou clicado em um navegador, como Google, Edge ou Mozilla. 

A partir disso, ao personalizar o nome que vem após o “www.linkedin.com/in/”, se torna mais fácil encontrar e compartilhar o seu perfil. Por exemplo, caso seja necessário adicioná-lo a um currículo impresso

Para editar a URL, siga os passos abaixo:

  1. Acesse o seu perfil;
  2. Clique no primeiro ícone do lápis para editar;
  3. Desça até “Informações de contato”;
  4. Clique novamente no ícone do lápis;
  5. Acesse o link que aparece no topo, à direita. Ele te levará a uma página em que será possível trocar a URL atual pela que prefira;
  6. Altere de acordo com a disponibilidade e salve.

Adicione uma boa foto de capa

Avaliadores de processos seletivos possuem pouco tempo e têm urgência na contratação de novos funcionários. Por isso, a ideia de que “a primeira imagem é a que fica” é válida para esses profissionais. 

Pensando assim, ter boas imagens de capa e de perfil faz uma grande diferença na hora de chamar a atenção deles e de se apresentar profissionalmente para quem acesse a sua página. 

Como a imagem da capa é a primeira parte a ser notada, é importante que ela transmita conceitos como: seus valores e postura na profissão. Não existe uma fórmula específica neste caso, mas recomendamos que você reflita sobre que imagem gostaria de passar. 

Sobre o formato, é recomendado utilizar as seguintes medidas: 1536 x 768 pixels.

Selecione uma fotografia de perfil adequada

Independentemente do campo em que trabalhe ou pretenda trabalhar, ter uma foto de perfil que esteja de acordo com a sua área é fundamental para causar uma boa impressão e ser bem visto no LinkedIn. 

Diante disso, neste tópico do checklist LinkedIn, sugerimos que você invista um pouco de tempo em planejar uma foto interessante. Reflita sobre os seguintes pontos:

  • Para o cargo que pretendo ocupar, qual o tipo de roupa e maquiagem ideal?
  • Qual a postura de um profissional desta área nas fotos?

Após refletir e pesquisar bons exemplos para responder a essas perguntas, também recomendamos que o fundo da foto seja branco ou neutro. E se a fotografia for feita em um espaço com outras informações ao fundo, desfocá-lo é uma boa opção para destacar a sua imagem. 

Também ressaltamos que fotos de viagens, em preto e branco, acompanhadas de outras pessoas, com trajes de banho ou de festa costumam não ser bem vistas por recrutadores.

Por fim, o tamanho recomendado é de 300 x 300 pixels. Ou seja, uma fotografia quadrada e com qualidade para ser nítida, mas não pesada.

Homem jovem em postura profissional para foto de perfil. Imagem ilustrativa de checklist LinkedIn.

Escreva um resumo convidativo

O resumo costuma ser uma seção dos currículos e cartas de apresentação que gera dúvidas em muitos candidatos. No LinkedIn, essa questão não é diferente, mas existe mais espaço para escrever. A plataforma permite até 2 mil caracteres para falar sobre a sua trajetória profissional. 

Normalmente, os visitantes em geral leem apenas as 300 palavras que aparecem antes do “visualizar mais”. Enquanto isso, os recrutadores, por possuírem interesse em conhecer mais sobre possíveis candidatos, leem mais.

Já quem não possui experiências pode se apresentar comentando sobre áreas que estuda ou em que têm interesse, por exemplo. Confira abaixo um breve esquema sobre como preencher o resumo na plataforma e seguir o checklist LinkedIn:

  • Apresente-se: Quem é você? Onde estuda ou em que se formou?
  • Fale sobre a sua área de atuação: Com o que pretende trabalhar? Ou em que áreas já têm experiência?
  • Comente seus interesses profissionais: O que você pretende fazer enquanto profissional? Quais as suas motivações e valores?
  • Adicione palavras-chave relacionadas à sua área: isso ajuda a captar a atenção dos recrutadores e demonstra que você sabe o que quer.

Estabeleça um título profissional interessante

O título do seu perfil é uma das informações mais importantes e que deve ser pensada com atenção. Por resumir as suas principais funções, ele é responsável por fazer com que visitantes se sintam atraídos a acessar a sua página e conhecer mais sobre a sua trajetória. 

Para escrevê-lo, lembre-se da área a qual está relacionado e seu cargo atual. Por exemplo, caso você tenha formação em Letras e atue como analista de SEO, com estratégias de Marketing Digital e Social Media, escreva algo como: “SEO | Marketing Digital | Social Media”.

E se a empresa em que você trabalha for reconhecida no cenário nacional, vale a pena inserir o nome dela também no título. Exemplo: “Gerente de Vendas na Natura”.

Saiba usar as palavras-chave a seu favor

Os algoritmos de palavras-chave estão presentes em diversas plataformas digitais e o LinkedIn também é uma delas. Sendo assim, inserir termos específicos que se conectem com o seu campo de trabalho e seus interesses é uma estratégia necessária. 

Tais palavras podem ser adicionadas no título, no resumo, na descrição das experiências e nas habilidades. Elas são um grande apoio quando os setores de RH das empresas estão em busca de perfis que se encaixam nas suas propostas.

Organize suas experiências profissionais

O LinkedIn dá mais liberdade para escrever acerca das experiências de trabalho devido à quantidade de caracteres e recursos que é possível agregar. Isso se deve ao fato que, em um curriculum vitae impresso, ocupar mais de uma ou duas páginas não é recomendado. Mas, nesta plataforma não há um limite tão rígido. 

Portanto, aproveite esta oportunidade para descrever os postos de trabalho comentando as principais atividades, realizações, desafios enfrentados e resultados obtidos. Veja aqui algumas dicas:

  • Escreva em primeira pessoa;
  • Use tópicos ou em inglês bullet points para deixar o perfil mais leve e objetivo;
  • Insira as palavras-chave a partir do que foi comentado acima;
  • Adicione links para portfólios virtuais e documentos que comprovem suas capacidades;
  • E, se obteve bons resultados ou ultrapassou metas da empresa, não deixe de citar tais informações.

Demonstre seus trabalhos com exemplos

Além de comentar sobre as vivências em trabalhos anteriores e atuais, sugerimos que você insira exemplos que comprovem tal atuação. Caso você tenha sido estagiário de um telejornal como editor de vídeos, adicione links dos melhores trabalhos ou daqueles mais desafiadores. 

Desse modo, os visitantes da sua página podem conferir na íntegra o trabalho executado e reconhecer as suas habilidades. O LinkedIn permite adicionar documentos, links, vídeos, fotografias e apresentações. Então, escolha aqueles formatos que melhor se adaptam à sua realidade profissional e adicione-os.

Liste suas melhores qualidades

Na área “Competências e recomendações”, insira as suas melhores habilidades e competências técnicas. Leia o nosso artigo sobre soft skills e hard skills para compreender melhor como apontar seus pontos fortes e chamar a atenção dos avaliadores. 

Depois de listá-los, peça a colegas de trabalho que recomendem as principais áreas em que você é competente. Dessa forma, eventuais perfis que visitem a sua página veem o número de pessoas que te reconhecem pela atuação nesses campos.

Mulher jovem sorridente em ambiente de trabalho. Imagem ilustrativa de checklist LinkedIn.

Peça recomendações ao perfil

Na mesma aba em que irá adicionar as habilidades, é possível pedir que ex-chefes, colegas de trabalho e de projetos te indiquem e escrevam sobre você enquanto profissional. 

Tais depoimentos funcionam como as referências agregadas a currículos impressos. Isto é, elas agregam ainda mais valor ao conteúdo exibido e à sua autoridade nos locais em que atuou. 

Faça parte de grupos e acompanhe empresas

O networking é a base do LinkedIn. Por isso, além de agregar contatos, fazer parte de grupos que se relacionem ao seu campo de trabalho é fundamental para se destacar no mercado.

Isso porque, ao participar de discussões e fóruns nestes espaços, outros profissionais têm a oportunidade de conhecer o seu perfil, aumentando a sua visibilidade. Dessa forma, você irá se posicionar na área, demonstrando credibilidade. 

E seguir empresas e líderes também pode te ajudar a compreender melhor o mundo corporativo, assim como acontecem as interações na maior rede profissional do mundo. Pense nas empresas que você admira e procure as páginas delas e de seus chefes.

Use as mensagens do LinkedIn a seu favor

Utilize o espaço de mensagens da rede para conhecer melhor seus contatos. Ele funciona como uma estratégia para estabelecer a comunicação, agradecer recomendações e dar parabéns por conquistas ou aniversários, por exemplo.

É importante não deixar que as mensagens pareçam forçadas. Seja cordial e lembre-se que o LinkedIn é um espaço formal e profissional.

Atualize o perfil constantemente

Este é um dos principais tópicos do checklist LinkedIn: manter a sua página atualizada é muito importante, uma vez que ela pode ser acessada por recrutadores em diferentes momentos. Por isso, ao sair de uma empresa, adicione a data de conclusão dos trabalhos. Ou quando começar um novo emprego, insira tal informação. 

O mesmo vale para participação em cursos, workshops, treinamentos e projetos de relevância. Dessa maneira, os demais usuários perceberão que você possui um perfil ativo e que tem interesse em mantê-lo assim, estabelecendo novas conexões e provando que busca se qualificar.

Publique conteúdos de interesse

Manter o perfil atualizado também é compartilhar conteúdos interessantes para a sua rede de conexões. Logo, poste sobre momentos importantes no dia a dia de trabalho, divulgue certificados de cursos que concluiu e escreva sobre assuntos que te motivam,  e sobre os quais têm domínio.

Além disso, destacamos que o LinkedIn, assim como o Facebook, o Instagram e o Twitter, é uma rede em que as imagens e vídeos possuem mais interações, são mais atrativas. Portanto, procure ilustrar seus textos com fotos, vídeos ou artes gráficas que se relacionem às postagens.

Revise: não cometa erros de digitação ou português

Após finalizar todos os tópicos do checklist LinkedIn, é imprescindível revisar cada um deles e conferir se não foram cometidos erros de digitação e português. Afinal, por ser um perfil com muitos detalhes, é comum se esquecer de pontuações ou não digitar corretamente todas as palavras. 

Tais detalhes têm influência direta para a imagem que você deseja passar. E mesmo que pequenos, os erros podem fazer com que visitantes e recrutadores tenham uma má impressão. Por isso, tome um tempo para analisar cada aba e corrigir possíveis erros. Em seguida, revise novamente e comece a estabelecer conexões. 

Depois de ler o nosso checklist LinkedIn, você já está mais que pronto para começar a sua jornada profissional na rede. Quer conferir mais conteúdos sobre a plataforma? Clique aqui e não deixe para depois!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *