Jovem estudante na universidade. Imagem ilustrativa de currículo com foto.
Categorias:

Currículo com foto: tudo o que você precisa saber

Muitos candidatos se perguntam se é realmente necessário fazer um currículo com foto. Além disso, se questionam sobre como fazer essa fotografia parecer profissional mesmo sem possuir uma câmera de alta qualidade. 

Se você tem essas dúvidas e quer aprender como fazer bonito nos processos seletivos, está no lugar certo. A Candidato de Sucesso organizou este texto com as melhores dicas para se destacar com um CV bem formatado e com uma boa foto. Siga com a gente!

Índice – Clique e vá direto ao que precisa!

  1. Fazer ou não um currículo com foto?
  2. Por que algumas empresas pedem foto?
  3. Como tirar uma foto profissional?
  4. Organize o currículo perfeito
  5. Formate e envie!
Jovem digitando em notebook. Imagem ilustrativa sobre currículo com foto.

Fazer ou não um currículo com foto?

Atualmente, não é tão comum que as empresas peçam um curriculum vitae com foto. E o mesmo vale para cartas de apresentação. Afinal, o objetivo desses documentos deve ser destacar os aspirantes à vaga pelas suas experiências e habilidades, e não pelo físico. 

Uma vez que as redes sociais se tornaram superacessíveis, os recrutadores passaram a acessar os perfis dos candidatos para conhecê-los melhor. Entre essas plataformas, o LinkedIn costuma ser o preferido do mercado de trabalho. 

Por que algumas empresas pedem currículo com foto?

Para certas profissões, como modelos fotográficos e atores, a aparência é importante porque deve estar de acordo com cada campanha publicitária ou com a linha de cada agência.

Nestes casos, também é comum que se envie não apenas o currículo com foto, mas também imagens de trabalhos anteriores e books

Além disso, há casos de instituições que pedem fotos como forma de memorizar o rosto dos concorrentes, a fim de facilitar as etapas seguintes do processo.

Como tirar uma foto profissional em 6 passos

Moça jovem com câmera profissional na mão. Imagem ilustrativa sobre currículo com foto.

Mesmo que os currículos com foto não sejam uma prática tão comum no mundo corporativo, ainda há organizações que fazem essa exigência como falamos acima. Confira as nossas dicas abaixo!

#1 Atenção ao fundo da foto

Fundos muito coloridos ou com elementos demais em foco podem tirar o destaque dos candidatos. Por isso, procure uma parede branca ou de cor clara para fazer a sua foto, assim você garante que está em evidência. 

#2 Menos é mais

Quando o assunto são roupas e acessórios, evitar excessos é fundamental. Portanto, evite camisetas estampadas ou colares e brincos muito grandes. Assim como o fundo, esses itens podem desviar a atenção de você. 

Então, procure uma roupa que tenha a ver com a vaga que está concorrendo. Por exemplo, se está procurando um emprego na área de advocacia é ok colocar uma camisa social. Já se o seu objetivo é trabalhar em uma agência de marketing, não é necessário se vestir tão formalmente. 

#3 Postura profissional

Lembre-se que a sua foto precisa ser individual e você deve assumir uma postura condizente com o ambiente profissional. Então, nada de colocar imagens em viagens, eventos ou um recorte em que seja perceptível a companhia de outra pessoas. 

Mulher jovem com postura profissional. Imagem ilustrativa de currículo com foto.

#4 E o sorriso?

Muitas pessoas pensam que uma expressão séria garante mais chances. Mas isso não é uma verdade absoluta: é possível, sim, sorrir em uma foto para currículo!

Mas atenção: o sorriso deve ser discreto e não precisa ser com os dentes. Pense que está sorrindo de forma gentil para alguém que acabou de conhecer e precisa tratar com gentileza. 

#5 Ângulo: use a perspectiva a seu favor

Não é à toa que quase todo mundo odeia fotos 3×4. Elas exigem que quem está sendo fotografado esteja de frente para a câmera, sem nenhuma inclinação. E dependendo do tipo de lente usada, isso realça algumas partes do rosto. O resultado? Nós já sabemos.

Pensando assim, você pode se inclinar um pouco de lado para a câmera. Inclusive, se pesquisar fotos de empresários bem sucedidos no Google perceberá que muitos deles têm fotos um pouco de lado e com os braços cruzados. Inspire-se neles para ser um candidato de sucesso!

#6 Atualizar a foto é preciso

É muito comum que aqueles que estejam há muitos anos no mercado mantenham fotos antigas nos currículos. Se este é o seu caso, lembre-se que os recrutadores devem ver você como está no momento, então tire uma nova foto e atualize o CV!

Outro caso em que a atualização importa é: se você mudou algum aspecto físico muito perceptível recentemente, como o peso ou a cor do cabelo, também vale a pena ter uma nova fotografia. 

Organize o currículo com foto perfeito

Agora que já entendeu quando e como usar a fotografia no CV, é hora de aprender como estruturar as informações deste documento tão importante na busca por empregos. A seguir você encontra nossas sugestões de cada etapa do modelo de currículo, continue a leitura!

Coloque os dados pessoais no topo

Insira seu nome, telefone para contato, endereço, e-mail e perfil de LinkedIn. Caso ainda não tenha cadastro nesta rede social, recomendamos que faça agora mesmo! Principalmente para quem vive em grandes cidades, ela é essencial na hora de encontrar o emprego dos sonhos. 

Lembre-se de manter os dados atualizados para não perder nenhuma oportunidade. Também crie o hábito de checar o e-mail constantemente. Isso porque é essencial responder o quanto antes possível. Assim, ele perceberá que você é atento e está à disposição!

Preencha os objetivos

Neste tópico, você deve pensar sobre o que realmente quer naquela empresa. Ou seja, como aquele cargo te acrescentará e quanto você é capaz de contribuir para ele. 

A partir disso, tente ser específico: “Meu objetivo, dentro do setor de vendas, é trabalhar como analista de sucesso do cliente.” em vez de “Gosto de trabalhar com vendas”. Dessa forma, o RH perceberá que você tem um foco. 

Para isso, escreva uma frase sucinta e objetiva, onde irá inserir a palavra-chave daquele cargo. Saiba mais sobre palavra-chave clicando aqui

E lembre-se de ter diferentes versões do seu currículo para cada vaga. Neles, adapte os objetivos de acordo com cada empresa.

Destaque seu histórico profissional e experiências

É fundamental dar ênfase para aqueles cargos que te fizeram desenvolver como profissional. Aqui, adicione e comente brevemente situações em que você cumpriu tarefas obtendo resultados positivos onde trabalhou e atuou. 

E se você está começando ou procurando o primeiro emprego, é possível inserir experiências como freelas, estágios, jovem aprendiz e participação em organizações estudantis ou empresas juniores. 

Do mesmo modo que nas formações, a ordem é invertida. Logo, insira o nome da organização, seu cargo, a data de início e término do contrato e acrescente uma ou duas frases sobre suas responsabilidades e seus resultados, respectivamente. Isto é, estruture as suas experiências de forma que elas contem um pouco da sua trajetória. 

Por fim, se você já está há um certo tempo no mercado, saber abrir mão de informações pouco relevantes na hora de fazer o currículo é essencial.

Adicione as formações

Coloque as suas experiências de ensino formal, ou seja, só coloque aquelas formações que você possui certificado. Por exemplo, cursos livres, especializações, certificados, , extensões, cursos técnicos e intercâmbios. 

Quando for fazer isso, a ordem dessas vivências deve estar ser cronologicamente inversa. Isto é: as mais recentes vêm antes. Então, agregue o nome da instituição, onde ela fica, o mês e ano de duração e/ou conclusão. Veja como:

Mestrado em Física dos Materiais

Universidade Federal de Ouro Preto – Agosto/2019 (em curso)

Licenciatura em Física  

Universidade Federal de Santa Catarina – Março 2014 a Dezembro/2018

Faça tópicos com suas habilidades

Se você tem afinidade com certos programas de informática e ferramentas, esta é a parte onde você as inserirá as skills. Saber editar e configurar pacotes como o Office e o da Adobe são alguns exemplos dessas aptidões. Por isso, coloque o nome do programa e seu nível de conhecimento. Por exemplo:

  • Photoshop – Nível
  • Google Sheets – Nível intermediário
  • Microsoft Word – Nível básico

Agregue os idiomas

Já se você possui certificações ou estudou línguas em alguma escolas, vale a pena demonstrar este diferencial. Então, ressalte qual o idioma e seu desenvolvimento nele. Como nos tópicos abaixo:

  • Inglês intermediário – Nível B2 (pontuação X) no Exame de Cambridge/2020
  • Espanhol avançado – Nível C1 no DELE/2019

Acrescente as referências

É neste último tópico que você irá inserir contatos de quem pode atestar suas capacidades profissionais tendo como base experiências passadas. Você pode incluir o contato de orientadores de projetos universitários, professores e chefes, por exemplo.

Mas peça permissão para inserir os dados desta pessoa antes de enviá-lo às empresas. Exemplo:

Juliana do Carmo, professora de Administração na Universidade X

Telefone: (33) 3333-3333

E-mail: julianadocarmo@meuemail.com

Como formatar o currículo com foto?

Como a intenção da foto é fazer com que os avaliadores te reconheçam, é interessante que ela esteja em destaque no topo do currículo. De preferência, do lado esquerdo porque é onde o nosso olho vai antes na hora de ler. 

Tendo isso em mente, insira a foto mantendo as métricas do currículo e ajustando o tamanho para que ela não fique muito grande ou pequena em relação ao tamanho das letras. 

A revisão é necessária para finalizar

Depois que terminar todo o preenchimento do currículo, tire um tempo para respirar e volte para revisar cada item. Em seguida, peça para alguém a alguém que seja próximo para dar outra revisão e, por último, olhe de novo. 

Pode parecer exagero, mas erros de digitação e ortografia prejudicam os candidatos logo de primeira. Afinal, os recrutadores pensarão que você não fez o currículo com foto com atenção. 

No momento de enviar

Enfim, ao finalizar todo esse processo, é comum surgirem dúvidas sobre qual formato usar para salvar e enviar o CV. Por isso, recomendamos fazer download do arquivo em PDF. E por quê?

Porque o PDF mantém todas as configurações estabelecidas e permite que o documento seja aberto em qualquer versão de computador sem nenhuma alteração. Já no Word, dependendo da versão que cada pessoa possua, os textos podem acabar mudando de padrão. 


Se você chegou até aqui, parabéns! Está pronto para ser o Candidato de Sucesso do seu processo seletivo e garantir a vaga que tanto almeja. A nossa equipe de deseja sorte e força de vontade para seguir bem em todas as etapas!

5 comentários em “Currículo com foto: tudo o que você precisa saber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *